TEATRO DO OPRESSOR

Paulo Rosenbaum

Início ARTIGOS Paulo Rosenbaum

O HOLOCAUSTO AINDA TE INCOMODA?

por Paulo Rosenbaum - Se tudo foi dito, por que não calar? Há um silencio ao qual nos reduzimos. Ele é um sintoma? Sintoma...

De onde vem as lágrimas?

O maniqueísmo é uma foice bi articulada, sua evocação serve de álibi para acusação e defesa.

NÃO É PORQUE

E por que ainda estamos aqui, e não lá fora, para berrar não?

As duas grandes religiões do mundo

por Paulo Rosenbaum - Relutei o quanto pude, mas Bernard Henri-Levy estava certíssimo em pelo menos uma percepção: as duas grandes religiões do mundo...

TRANSITORIEDADE

Estamos na mesma nau, remando contra mares oblíquos. Embarcados de improviso queremos descer dos desvios de finalidade.

PRENDERAM

por Paulo Rosenbaum - O que? Minha respiração. Minha capacidade de ficar à deriva. Os ossos dos nossos ofícios. Não te falei? Era esse...

NÃO REPRISEM BARBÁRIES

por Paulo Rosenbaum e Floriano Pesaro - Merece ser lida com indignação a orientação contida no Memorando/Circular de número 02/2015, datado de 15 de...

Uma resenha de Céu Subterrâneo

Lyslei Nascimento é Professora de Literatura na Faculdade de Letras da UFMG

SPLEEN POLÍTICO

Num lugar distante, depois de uma intensa conflagração não violenta, uma epidemia de depressão assolou o País continental.

DEDICATÓRIAS

Uma dedicatória, portanto, nunca poderia ser análoga a um contrato, documento bancário ou reconhecimento de firma.

RETROCESSO E EQUIVALÊNCIA

por Paulo Rosenbaum - Mais uma tese arguida, e de novo, predomínio temático. A palavra mais usada na última semana? Retrocesso. Usada como troca...

O QUE NÃO MERECE SER SALVO?

por Paulo Rosenbaum - Eles querem conversar? À vontade. Quem ainda é líder? Ouço que estamos a deriva, mas é mais. Bem mais. Embarcações...