COMPARTILHAR

O grupo de voluntários do Projeto Tikun Olam Ismar Strachman Z”L, da B’nai B’rith – Loja Chaim Weizmann, realizou na semana passada uma campanha-relâmpago para suprir de alimentos às crianças internadas no Hospital Infantil Pequeno Príncipe e seus acompanhantes.

A campanha foi desenvolvida entre os próprios voluntários com apoio da B’nai B’rith. Há cinco anos os voluntários do projeto Tikun Olam mensalmente levam um pouco de alegria para as crianças em tratamento naquele hospital infantil através de atividades lúdicas presenciais. O projeto foi idealizado e iniciado na gestão da então presidente da B’nai B’rith, Ester Proveller Z”L e desde então tem alcançado seus objetivos.

Devido à crise de saúde causada pelo Covid-19, todo o trabalho voluntário foi interrompido já que severas medidas restritivas foram tomadas, alterando o funcionamento normal do hospital, como de resto em muitas outras atividades do nosso dia-a-dia.

Preservando os objetivos do Projeto Tikun Olam, o grupo de voluntários continuou seus contatos com o hospital, procurando suprir, dentro das possibilidades, algumas de suas necessidades básicas emergenciais.

Assim, no domingo 21/6, numa operação-relâmpago, os voluntários do Tikun Olam, com o apoio da B’nai B’rith, fizeram a doação de 832 quilos de alimentos, resultado de uma arrecadação de R$ 2.600,00.

Foram entregues ao Hospital Infantil Pequeno Príncipe 208 kg de açúcar, 180 kg de feijão, 300 kg de arroz e 144 embalagens 900 ml de óleo vegetais.

Segundo Gilza Strachman, coordenadora do Projeto, “dessa forma vamos cumprindo nossa missão, mesmo à distância, nestes tempos difíceis. Melhorar e reparar o mundo é o significado de Tikun Olam”.

Print Friendly, PDF & Email