COMPARTILHAR

Parte da campanha nacional de reunir os fragmentos do Yad Vashem, as cartas foram enviadas a partir de casas, esconderijos, guetos, campos de concentração e até mesmo jogadas de trens de deportação em uma tentativa de expressar o desejo dos seus autores em estar mais perto de seus entes queridos.

Print Friendly, PDF & Email