COMPARTILHAR

O Israel Trade & Investment participou, na última quinta-feira, 02 de Maio, da primeira edição do DegustaSP, festival de vinhos que aconteceu de 2 a 6 de Maio no Museu do Vinho.

A instituição organizou uma Master Class de Vinhos de Israel, com a participação de aproximadamente 40 pessoas, dentre enófilos, sommeliers, importadores, jornalistas e influenciadores.

O evento, que foi conduzido pelo sommelier Eduardo A. Paes de Andrade, aprensentou rótulos de 9 vinícolas Israelenses: Tabor, Binyamina, Dalton, Psâgot, Tulip, Har Bracha, Carmel, Ben Haim e Golan Heights.

Favorecidos pelo terroir único de Israel – clima mediterrâneo agradável e diversidade geográfica – os vinhos israelenses são realmente diferenciados, e a indústria tem testemunhado seu significativo crescimento nas últimas décadas.

Até 1995, havia menos de uma dúzia de vinícolas artesanais em todo o país, em comparação com as mais de 250 dos dias de hoje. De Negev às Colinas de Golã, as principais vinícolas de Israel estão ganhando cada vez mais atenção além de suas fronteiras.

Um quinto das vendas de vinhos de Israel corresponde a exportações, chegando à cifra de US$ 50 milhões em exportações totais de vinho em 2017.

A América do Norte compreende o principal mercado estrangeiro para vinhos israelenses, sendo responsável por 55% das exportações, enquanto a Europa Ocidental é responsável por outros 35%. O restante foi exportado para mais de 30 países nos cinco continentes.

Por conta do Acordo Comercial entre Israel e Mercosul, os vinhos de Israel são isentos de imposto de importação.

fonte: Trade and Investment Brazil.

Print Friendly, PDF & Email