COMPARTILHAR

A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin foi aberta ao público pela Universidade de São Paulo – USP, no último sábado (23/03/13), disponibilizando, aproximadamente, 32 mil títulos. O acervo, doado em 2006 pelo colecionador e sua esposa, contêm documentos históricos e edições raras de autores como Camões e Graciliano Ramos. A Editora Ática aproveita a inauguração da biblioteca para divulgar o livro Reinações de José Mindlin, escrito por ele mesmo, em 2008.

No livro, José Mindlin faz um delicado passeio por suas lembranças de menino na cidade de São Paulo, em uma época em que o ensino do latim era obrigatório na escola; o recreio era separado para meninos e meninas; e os garotos usavam calças curtas até a adolescência. Como um avô que conta uma história para o seu neto, Mindlin aborda com ternura assuntos sérios que marcaram sua infância, como a Primeira Guerra Mundial, iniciada no ano em que ele nasceu, 1914; e a Revolução de 1924, em São Paulo. Em suas lembranças, aparecem também personagens marcantes da época, como a bailarina russa Anna Pavlova e o presidente brasileiro Washington Luiz.

José Ephim Mindlin nasceu em setembro de 1914, foi advogado, empresário e bibliófilo brasileiro. Após sua aposentadoria, dedicou-se a colecionar livros raros. Em junho de 2006, Mindlin foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras, onde passou a ocupar a cadeira número 29. Mindlin faleceu em fevereiro de 2010.

Print Friendly, PDF & Email

Comentários