COMPARTILHAR

Hoje de manhã, Israel atendeu a um pedido de cessar-fogo de cinco horas (entre as 10h e 15h), por razões humanitárias, do representante da ONU para o Médio Oriente, Sr. Robert Serry. O cessar-fogo não chegou a durar duas horas, tendo o Hamas continuado a bombardear Israel ininterruptamente. Israel cumpriu às cinco horas de cessar-fogo. Contudo, os ataques do Hamas a Israel não se limitam a disparos com foguetes. Ainda hoje de manhã, as Forças de Defesa Israelenses impediram um ataque de 13 terroristas do Hamas que tentavam infiltrar-se em território Israelense através de um túnel construído do sul de Gaza até Sufa, uma comunidade no coração de Israel. Veja o vídeo do ataque aqui:

Ontem, dia 16 de Julho, Israel foi bombardeado por 140 foguetes. Até agora, são 1231 foguetes disparados contra Israel desde o início do conflito e da Operação Protective Edge. Desde o início do conflito, Israel mantém abertos os canais de passagem de bens e combustível para Gaza. Do dia 8 de Julho até agora, contabilizam-se 605 caminhões transportando alimentos, combustível, medicamentos e outros dispositivos médicos. Enquanto isso, a Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinianos no Médio Oriente, da Organização das Nações Unidas, descobriu ontem, durante uma operação regular de inspeção em Gaza, 20 foguetes escondidos em uma escola. Acesse o texto completo aqui.

via Embaixada de Israel em Brasília