COMPARTILHAR
Alon Chen. Foto: Axel Griesch

O Comitê Executivo do Instituto Weizmann de Ciências (WIS) anunciou que o Prof. Alon Chen, escolhido por unanimidade, será o 11º presidente do instituto israelense. Ele assume a presidência do Instituto no dia 01 de Dezembro de 2019, em substituição ao Prof. Daniel Zajfman, que chega ao término do seu mandato iniciado em 2006.

Neurocientista, o Prof Alon Chen é Chefe do Departamento de Neurobiologia do Instituto Weizmann de Ciências em Rehovot, Israel, e diretor do Instituto Max Planck de Psiquiatria em Munique, Alemanha. Ele lidera o laboratório Weizmann-Max Planck de Neuropsiquiatria experimental e Neuro-genética do comportamento e é professor adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade Ludwig Maximiliam, em Munique, Alemanha

Nascido em Israel em 1970, Alon Chen possui bacharelado em Life Science (magna cum laude) pela Universidade Ben Gurion (1995), doutorado (direct track) no Instituto Weizmann de Ciências (2001) (magna cum laude) e MBA pela Universidade Ben Gurion.

Entre 2001 e 2005, agraciado com bolsas Rothschild e Fullbright, realizou pesquisa de pós doutorado no Instituto Salk de Estudos Biológicos em San Diego na Califórnia. Foi nesta ocasião que começou a pesquisar os processos cerebrais que regulam o estresse e a ansiedade. Em 2005 retornou ao WIS como cientista sênior do Departamento de Neurobiologia, ocasião em que recebeu o maior prêmio de Israel para os cientistas que retornam ao país, o Alon Fellowship, do Conselho de Educação Superior de Israel. Em 2012 foi nomeado professor associado e desde 2017 é professor titular.

Ele acumula importantes experiências em gestão, especialmente em pesquisas científicas, o que inclui o manejo de orçamentos e obtenção de recursos, assim como o trabalho junto a conselhos científicos, comitês executivos, autoridades públicas, acadêmicos, graduados, doadores e outros stakeholders.

Pesquisa

O Prof. Chen estuda os processos biológicos pelos quais se desenvolve o estresse e a ansiedade, assim como os mecanismos cerebrais que são ativados por estes estados mentais, e quais os regulam. A pesquisa também questiona como estes mecanismos de resposta são ativados em diversas desordens psiquiátricas.

Na procura de uma compreensão básica de como animais e humanos respondem ao estresse e a ansiedade, Chen e seus colegas descobriram genes, proteínas e circuitos neuronais que têm um papel crucial neste fenômeno. Descobriram também mecanismos epigenéticos (que controlam a expressão dos genes, mas não os genes propriamente) e circuitos de processamento da informação no cérebro ligados a ansiedade, depressão, transtornos de alimentação e síndromes metabólicas.

Liderança e educação cientifica

O Prof Chen é conhecido por descrever processos científicos complexos de uma forma simples e que qualquer um possa entender e é considerado um líder natural, capaz de identificar oportunidades e traduzir desafios em novas soluções, motivando sua equipe e trabalhando em time. Ele investe grande parte do seu tempo e de sua energia em prol da educação cientifica e busca tornar a ciência acessível ao público geral. Ele é casado e tem dois filhos.

Prof. Alon Chen lidera o Murray H. and Meyer Grodetsky Center for Research of Higher Brain Functions; o Nella and Leon Benoziyo Center for Neurosciences; o Gladys Monroy and Larry Marks Center for Brain Disorders; o The Norman and Helen Asher Center for Brain Imaging. Sua pesquisa e apoiada por Perlman Family Foundation, Adelis Foundation; Mr. and Mrs. Bruno Licht; Sonia T. Marschak; e Ruhman Family Laboratory for Research in the Neurobiology of Stress.

Mario Fleck, Alon Chen, Daniel Zajfman, Hugo Sigmain e Jaime Garbarsky. Foto: Axel Griesch
Print Friendly, PDF & Email

Also published on Medium.