COMPARTILHAR

Janusz Korczak viveu para educar os órfãos e morreu com eles, nas mãos dos nazistas

Foto: Divulgação / Brunno Dantas

O Midrash Centro Cultural volta a apresentar a peça “Meus 200 Filhos”, sob direção de Ary Coslov. A obra relembra a vida do pedagogo, pediatra e escritor judeu polonês Janusz Korczak, que foi o fundador e gestor do Orfanato Modelo, em Varsóvia.

Korczak viveu para educar e cuidar dos pequenos que amparou. Ele morreu com as crianças, nas mãos nazistas no campo de Treblinka, em 1942. Janusz Korczak é o pseudônimo de Henryk Goldszmit, nascido no dia 22 de julho de 1878, em Varsóvia (Polônia) e responsável por desenvolver um método pedagógico inovador.

O texto de Miriam Halfim é baseado no diário deixado pelo pedagogo. O monólogo é interpretado por Marcelo Aquino.

MIDRASH CENTRO CULTURAL
Rua General Venâncio Flores, 184, Leblon – RJ.
Telefone: (21) 2239-1800.
Estreia quinta (4). Até dia 25.
Quintas, às 20h30.
R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia).

Print Friendly, PDF & Email