COMPARTILHAR

Rotchild está viajando por Minsk. Sente fome e, na falta de um lugar melhor, vai a um café judaico, onde faz uma pequena refeição. O garçom traz a conta:
– Vinte rublos por dois ovos?
– indigna-se Rotchild.
– É impossivel! São tão raros os ovos aqui neste lugar?
– Os ovos, não – replica o garçom.
– Mas, os Rotchilds, sim!

Print Friendly, PDF & Email