COMPARTILHAR

A comunidade Drusa em Israel é composta por mais de 120 mil habitantes e enriquece a cultura israelense em todas as suas dimensões. A fé Drusa, surge a partir de uma mistura à base de Islã com uma forte influência da filosofia grega, entre outras. Fundada no século X, entre seus líderes proeminentes estão Hamza Ben Ali e Mohamed al Darazi (daí surge o termo “druso”).

Os fundamentos da sua fé são o amor e a proteção de suas terras, honrar seus costumes e tradições, não mentir, proteger irmãs, mães e vizinhos, não fazer estátuas de adoração, manter-se longe da mal, ser monoteísta e aceitar a vontade de Deus. Hamza foi o último de seus líderes e ele recebeu de Deus “a verdade” e os seus antecessores foram Adão, Noé, Abraão, Moisés, Jesus e Maomé.

Algo que é singular entre os Drusos é a sua lealdade para com o país a que pertencem. Em Israel eles participam ativamente na vida pública, bem como todos os seus cidadãos. Os Druzos possuem representantes no Parlamento israelense, também estão entre os membros do corpo de elite do Exército, além disso, artistas, poetas e diplomatas são algumas das muitas áreas onde eles se destacaram. No Brasil, o atual embaixador de Israel é de origem Drusa.

Entre as características da comunidade Drusa está a calorosa recepção. Quando você for visitar uma aldeia Drusa, certamente você será recebido no “Elmanzool” (ponto de recepção) com uma gastronomia rica e saudável, além dos deliciosos chás e cafés.

Para saber mais sobre a cultura e a fé Drusa assista o video abaixo…

Print Friendly, PDF & Email