COMPARTILHAR

O Observatório Judaico dos Direitos Humanos no Brasil (OJDHB) vai lançar sua revista eletrônica na noite de quarta-feira, 14, em São Paulo. No evento haverá um debate sobre a situação dos Direitos Humanos no Brasil, com a participação de representantes de entidades parceiras, também ligadas aos Direitos Humanos.

André Singer representará a Comissão Arns; Francisvaldo Mendes, o Observatório da Democracia; Vera Lúcia Vieira, o Observatório das Violências Policiais da PUC-SP; Brunna Valin, a Aliança LGBTI, Pagu Rodrigues pela Comissão de Povos Indígenas da OAB/SP e Clarisse Goldberg o OJDH. O jornalista Jayme Brener será o mediador.

O Observatório Judaico dos Direitos Humanos do Brasil (OJDHB) é uma entidade criada por membros da comunidade judaica brasileira, residentes no Brasil e exterior. O objetivo é mapear e denunciar violações aos Direitos Humanos e atentados à Democracia, tema que está atualmente no centro da conjuntura brasileira e internacional.

O OJDHB procura funcionar como um ‘olhar judaico”, trazendo para dentro das comunidades judaicas no Brasil e no Exterior informações sobre o tema, e aportando ao conjunto da sociedade brasileira preocupações específicas da coletividade judaica. Quer demonstrar que há segmentos importantes da opinião pública judaica envolvidos no combate pelo respeito dos Direitos Humanos no Brasil, sempre buscando complementaridades com outras entidades e grupos sociais.

A revista eletrônica possibilitará divulgar ideias e posicionamentos. E, também, funcionará como voz dos parceiros na defesa dos Direitos Humanos e da Democracia.

Serviço:
Dia 14/8 às 19h00
Casa do Povo
Rua Três Rios, 252
Bom Retiro, São Paulo.

Print Friendly, PDF & Email