COMPARTILHAR

Hoje temos Shavuot, semanas, literalmente traduzindo. Festa do Recebimento da Torá, a Lei, a Assembleia Constituinte Divina do povo.

A semana também marcou os 75 anos do Dia D, o desembarque americano na Normandia, dando fim à ocupação nacional-socialista da França e ajudando a derrotar a hecatombe da Alemanha com a Segunda Guerra. Mas a França está contra os americanos, que morreram para defender a França e a Europa. A esquerda predatória, a parte da esquerda que quanto pior é melhor para seus interesses, continua influenciando a mídia e as mentes dos desavisados. Mas como serem avisados se as informações são distorcidas e falsas?

Israel vai para novas eleições porque os interesses pessoais estão sempre acima dos interesses do povo. Dizem que isso faz parte da política, que assim ocorre em todo lugar, mas isso é corrupção e não política, devemos entender. Estamos vendo, aqui, o embate do Congresso com o Executivo, onde todo político defende o seu lado, a corrupção campeia.

E temos a guerra contra os judeus e Israel. Temos, com os erros da esquerda predatória, uma criação artificial de um povo palestino árabe, que não é o povo palestino judeu. Mas gente nossa deixa e há, até, quem apoie. No dia de Jerusalém, falam do Dia de Al Quds, Jerusalém, inventado pelo Irã. Tanto falam, que haverá quem acredite. E devemos saudar a Organização Sionista do Rio Grande do Sul, nas pessoas do Dr. Guedale Saitovich e Luis David Leventhal, pela tomada de posição e sua carta ao Presidente da Câmara dos Deputados.

Regozijo pela Torá, que norteia a justiça em todo o mundo até hoje, e o perigo das falsas informações e criações artificiais para tentar destruir o povo judeu. Mas seguir-se-á em frente. A duras custas, mas sempre em frente.

Chag Sameach!

Print Friendly, PDF & Email