COMPARTILHAR

por rabino Sany Sonnenreich – Na qualidade de rabino, uma de minhas atribuições é trazer alento às pessoas, difundir mensagens positivas e espalhar a esperança baseada em nossa fé, em ensinamentos e em fatos concretos. E é isso que procurarei fazer nestas breves linhas.

Estamos num momento de transição importante para o nosso país. A expectativa é positiva. Temos a esperança de que a nova fase traga o “Brasil do futuro” para o presente. Que traga fartura, paz, união, harmonia e o orgulho novamente de sermos brasileiros, com diminuição drástica – ou até a eliminação – da corrupção, que destrói não somente a qualidade de vida do nosso povo, mas a sua alma.

Tive o privilégio de ter sido convidado a estar na posse do presidente Jair Messias Bolsonaro. Estive no Palácio do Planalto durante o dia e, à noite, no Itamaraty. O clima de Brasília estava especialmente iluminado, energético, desde a noite anterior, quando cheguei. A esperança e a vontade de que tenhamos uma nova era estavam bastante visíveis. E é isso que devemos todos torcer. Afinal, estamos no mesmo barco e devemos nos unir.

Neste momento, a nação brasileira e todos nós que estávamos lá presentes nos indagamos: qual será a velocidade possível, dada a burocracia, para os reparos que se fazem tão necessários? Finalmente, a riqueza gerada pelo nosso povo honesto, trabalhador e esforçado, voltará para o seu próprio bem? Teremos efetivamente um governo justo, atencioso e equilibrado? Vivemos efetivamente um novo Brasil? São perguntas que vêm à mente dos brasileiros que já estão fartos de tantas decepções passadas.

Pela minha vivência em ministrar aulas a jovens de nossos centros espalhados pela cidade de São Paulo e palestras motivacionais a todos os públicos, deixo meu conselho a você que ainda está preocupado com o seu dia a dia.

Imagine que um copo de água esteja agora à sua frente. Existem duas maneiras de enxergá-lo. A primeira, focando na metade cheia e, a segunda, na metade vazia. E as duas versões estão corretas. Cabe a cada um de nós nos exercitar para ver a parte cheia, o positivo. Não é fácil, mas temos de nos esforçar.

Problemas existem. Isto é fato! Devemos nos esquecer deles? Jamais.

Porém, é possível sim aliviar a desagradável sensação que eles geram. Minha proposta é desviar o foco deles por um tempo e mirar no que existe de positivo. Quando me refiro a focar, quero dizer: reconhecer, apreciar e desfrutar as coisas boas. Isso proporcionara a você um estado de bem estar maior para poder superar as adversidades naturais que são necessárias para nosso crescimento.

Muitas vezes, após esse exercício, inúmeros problemas desaparecem ou perdem aquela grande intensidade de desconforto, pois seu status mudou; você elevou o seu prisma. Uma maneira de ilustrar esse conceito é enxergar pela janela de sua casa e, depois, pela janela de um avião. Perceba que os tamanhos se transformam conforme o seu nível aumenta.

A expectativa e o condicionamento frustram o ser humano. Lembro-me de um amigo que foi morar em Beverly Hiils sendo que, após alguns meses, retornou deprimido alegando que era um homem infeliz lá pois sua piscina era a menor da vizinhança e seu carro era o menos novo da rua.

Seus valores estavam totalmente vinculados aos de seus vizinhos. Ele dependia de eventos externos, o que cegava sua visão positiva e o fazia ficar deprimido mesmo tendo uma piscina, um carro e uma vida confortável num lugar maravilhoso.

Você já reparou como pessoas negativas dificilmente conquistam o sucesso ou são felizes de verdade? Ou seja, quanto mais reclamam, mais problemas atraem?

O novo governo já vem cumprindo, de forma ágil , algumas promessas de campanha. O que é uma grande motivação para a população. Isso é um ótimo sinal e uma energia positiva para todos.

De qualquer forma, o futuro ainda é incerto. Para seguir em frente, meu conselho é que você foque no positivo e comemore cada acerto, por menor que seja, apreciando as melhorias conforme forem surgindo. Desta forma, tenho certeza de que nós seremos mais felizes e estaremos sempre com muita energia para fazer acontecer esse novo Brasil que todos merecemos.

Rabino Sany Sonnenreich é diretor da entidade Makom Jardins-Moema que faz parte da rede mundial Olami, com 320 unidades pelo mundo focadas em direcionar o público jovem a uma vida de valores. Ele tem forte presença nas redes sociais Youtube, Instagram e Facebook (@byravsany) com mensagens de vida rápidas, bem humoradas e motivantes numa linguagem acessível a todos.

Print Friendly, PDF & Email