COMPARTILHAR

O Brasil, há 13 anos, decidiu pelo voto e manteve por este tempo, o PT no poder. Com o passar do tempo, diante da ação predatória e incompetente das lideranças vermelhas, o país foi caindo num buraco no qual a pior circunstância foi a quantidade de desempregados nacionais que chega hoje a quase 15 milhões de brasileiros nesta situação.

Ao lado do famigerado desemprego, ao mesmo tempo em que este se avolumava, o judiciário, a polícia federal e o ministério público começaram a puxar uma linha de investigações que estão demonstrando o tamanho da corrupção existente por aqui.

Ora, todos os “tupiniquins” um pouco mais antenados sabem muito bem que a corrupção brasileira não é obra iniciada com o PT e que não há partido político que não esteja envolvido.

De fato, este mesmo PT que pregou desde que foi criado, até o impedimento de Dilma, a moralidade pública, foi pego com as quatro patas enfiadas na botija dos mal feitos.

Lula foi condenado. Antes, muitos de seus homens de confiança com altas posições no PT já haviam sido presos. Até Palocci, aquele a quem Lula nomeou ministro da fazenda de seu governo, abriu o verbo e o denunciou. Lula, como um leão, luta para não ir em cana. Até aí, tudo bem. Tem este direito, dentro da lei.

Agora o que a nação não pode aceitar é a ação de certos senadores da república, tais quais Gleisi Hoffmann e Lindberg Farias, incitando a população contra a ordem estabelecida, coadjuvados por chefes de grupos agressivos e violentos como Stédile do MST e líderes de centrais sindicais como os da CUT, além de candidato à presidência como Boulos que atuam como se o Brasil não possuísse leis que tem que ser cumpridas e como se apenas a avaliação que fazem sobre Lula esteja correta, ainda que em dissonância com decisões judiciais e com a obrigação que todos nós brasileiros temos em relação ao cumprimento da lei.

Não dá para entender a razão pela qual, por diversos meses, esta gente ameaçou as autoridades judiciais brasileiras e a própria cidadania, através do incentivo à luta fratricida que é o embrião de uma guerra civil, de promessas de que iria rolar sangue e mortes seriam inevitáveis, no caso de uma prisão de seu ícone, sem que a polícia entrasse em ação para fazer cumprir a Constituição, vez que estas atitudes são de frontal ataque à democracia no país, através da pregação de desrespeito às leis e à ordem estabelecidas no Brasil.

Enfim, a coisa está aí. O país vai mal, há ainda o famigerado foro privilegiado e muitas benesses de certos poderosos para serem detonados e com isso, bandidos travestidos de políticos que estão se escudando nestas prerrogativas divisoras de brasileiros em primeira e segunda categorias, também farão companhia a Lula em diversas prisões Brasil a dentro.

Certamente, daqui em diante, espera-se que haja significativa mudança no perfil daqueles que irão governar o país e estabelecer as regras para a retomada do crescimento econômico nacional, além de uma real preocupação com educação, saúde, saneamento básico e segurança para que tenhamos um Brasil adequado ao sonho de vida de seus cidadãos.

As eleições de 2018 serão fundamentais para que haja um resgate de verdade à vida digna no país. Você será responsável por estas mudanças. Portanto, não deixe de votar. Escolha com cuidado seus candidatos à presidência, ao senado federal,ao governo do seu estado e às cadeiras de deputados estaduais e federais para que amanhã não estejamos enfrentando de novo, uma crise do tamanho desta que, sem medo de errar, afirmo que é a mais grave vivida nos meus 70 anos de idade e de vida no Brasil.

Print Friendly, PDF & Email