COMPARTILHAR

Jacó e a mulher estão deitados há muito tempo, mas Jacó se vira e revira sem conseguir adormecer. Até que Sara se inquieta:

– O que é que você tem, Jacó? Por que não dorme?
– Não é nada.
– Então, por que não sossega?
– Como assim?
– Vai, Jacó, fala!
– Bom, amanhã é dia 10…
– E daí?
– E daí que termina o prazo…
– Qual prazo?
– Amanhã tenho que pagar ao Bronstein os R$ 1.000,00 que ele me emprestou. Não tenho nem um décimo dessa quantia!

Sara então levanta-se, abre a janela e chama bem alto:
– Bronstein! Bronstein!

Ele abre a janela.
– O que é que houve? Algum incêndio?
– Não, nada disso, Bronstein! É amanhã que o Jacó tem que te devolver os R$ 1.000,00?
– Isso mesmo.
– Pois bem, ele não vai poder pagar. Está completamente duro!

Dito isso, Sara fecha a janela e dirige-se ao marido:
– Agora é ele que não vai dormir!

Print Friendly, PDF & Email