COMPARTILHAR

Sexta-feira à noite, na sinagoga. Durante todo o serviço, o rabino vê lá no fundo um homem com a cabeça entre as mãos todo o tempo. Após o serviço, ele vai até o homem e pergunta:

– Efraim, o que há com você?
– Rebe, não aguento mais. Tenho 32 anos e minha mãe não gosta de nenhuma moça que levo lá em casa. Não sei mais o que fazer.
– Efraim, é simples. Tente encontrar uma moça que pense como tua mãe, que fale como tua mãe, que se vista como tua mãe… Aí ela vai aceitá-la!
– Rebe, você é um gênio. Vou fazer isso.

Um mês depois, em uma sexta-feira à noite, o rabino vê Efraim lá no fundo, a cabeça entre as mãos durante todo o serviço.

– Efraim! O que há agora?
– Rebe, fiz exatamente o que o senhor sugeriu. Levei em casa uma moça que fala como minha mãe, pensa como ela, se veste como ela. Até cozinha como ela!
– E não deu certo?
– Meu pai não gostou dela…

Print Friendly, PDF & Email