Heidegger e o Nazismo – por Luiz Nazario

Heidegger e o Nazismo – por Luiz Nazario

316
1
COMPARTILHAR

Em 1988, os meios acadêmicos da França reagiram com inusitado furor quando o chileno Victor Farias publicou Heidegger e o nazismo, um estudo brilhante denunciando as implicações da adesão ao nazismo do filósofo alemão Martin Heidegger (Messkirch, 1889-1976) no interior de sua filosofia. Essas reações demonstraram, antes de tudo, que esses círculos já estavam preparados para defender a filosofia de Heidegger como um sistema autônomo e couraçado contra influências internas e externas das posições políticas de seu próprio autor. Leia mais…

Comentários

  1. Para mim foi uma surpreza saber que de forma subliminar, Heidegger manifestasse em seus pensamentos, conceitos e atitudes filosóficas pró nazismo. Lastimável.