COMPARTILHAR

A música clássica e o samba têm encontro marcado

Na próxima quinta-feira, 16 de novembro, às 20h, a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel, que estará em São Paulo para dois concertos em comemoração aos 70 anos da Federação Israelita do Estado de São Paulo, levará sua música clássica para a quadra do Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos de Vila Maria, escola do Grupo Especial do samba de São Paulo.

Esse encontro nada convencional promete dar samba! A Filarmônica Jovem de Israel, sob regência do maestro Eyal Ein-Habar, tocará para o público da comunidade obras de Brahms, e outras peças, como o brasileiríssimo Tico-Tico no Fubá, que estão sendo preparadas especialmente para a apresentação. Já a Unidos de Vila Maria, fará um mini desfile para os músicos da orquestra israelense, que conhecerão o samba enredo para o Carnaval 2018, que homenageia o México e sua cultura.

Reconhecidamente de altíssimo nível, a Orquestra Filarmônica Jovem de Israel conta com a participação de cinco alunos brasileiros que integram o programa de bolsas de estudos para jovens talentosos do mundo todo. Ela se apresenta todos os anos sob regência de Zubin Mehta e tem dois discos gravados com o legendário maestro.

“Este será mais do que um encontro do samba com a música clássica, será um presente da comunidade judaica de São Paulo à comunidade da Vila Maria – grande região da Zona Norte de São Paulo, com população de mais de 100 mil pessoas, e promoverá um verdadeiro intercâmbio cultural entre Brasil e Israel”, destaca o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Bruno Laskowsky.

Serviço:
Encontro entre Filarmônica Jovem de Israel e Escola de Samba Unidos de Vila Maria
Data: 16 de novembro de 2017 – Horário: 20h
Local: Quadra do Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos de Vila Maria – Rua Cabo João Monteiro da Rocha 448 – Jardim Japão
Entrada Franca


Also published on Medium.