COMPARTILHAR

No próximo domingo, 08 de outubro, alunos do Einstein (Medicina e Enfermagem) e do Insper (Engenharia, Administração e Economia) se reúnem para o II Hackathon Einstein-Insper: Desafios de um hospital de alta complexidade.

Nesse segundo encontro, os alunos serão desafiados a olhar para um grande hospital, com inúmeras demandas e desafios e encontrar soluções aplicáveis no Einstein ou em qualquer outra instituição de saúde brasileira.

Hospitais de alta complexidade são formados por um grande e complicado conjunto de ambientes, tecnologias, desafios e oportunidades, mas acima de tudo pessoas que visam o tratamento, a cura e o bem estar. Os alunos fizeram visitas e conversaram com gestores e funcionários, ao longo de setembro, para conhecer o funcionamento de seis áreas do Hospital Israelita Albert Einstein, na Unidade Morumbi.

As áreas que serão alvos dos brainstormings são o Centro de Oncologia, o Banco de Sangue, o Laboratório de Medicina Diagnóstica, o a UTI Neo-natal, a UTI Pediátrica e o Serviço de Neurologia. Os gestores apresentaram questões que são desafiadoras em suas áreas, mas que são também desafios de hospitais em todo o país nessas áreas. Os alunos devem desenvolver soluções inovadoras e de impacto para a saúde, cuja aplicação seja possível em variados cenários.

As duas instituições acreditam que a interdisciplinaridade e trabalho em equipe são essenciais para solucionar os desafios da área da saúde e por isso foram oferecidos aos alunos oficinas sobre as características do sistema de saúde e dos hospitais, segurança do paciente, plano de negócios, prototipação de aplicativos e devices.


Also published on Medium.