Comunidade repudia comparação com o nazismo para atacar deputado Sérgio Zveiter

Comunidade repudia comparação com o nazismo para atacar deputado Sérgio Zveiter

202
0
COMPARTILHAR

O deputado federal Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), único membro da comunidade judaica no exercício do mandato na Câmara dos Deputados, tem razão em repelir de forma enérgica e indignada a tentativa de usar comparações com o nazismo para atacar seu relatório na Comissão de Constituição e Justiça daquela Casa.

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) lamenta e rechaça qualquer comparação da situação política atual no Brasil com o regime nazista. Aquele foi o período mais sombrio da história humana, no qual o povo judeu e outras minorias foram exterminados em escala industrial no coração da Europa.

Não há comparação possível com o que vemos na crise atual. Com todas as dificuldades, a democracia vigora em nosso país, os poderes exercem suas prerrogativas, e a imprensa é livre. Para Fernando Lottenberg, presidente da Conib, “é lamentável que, no âmbito do debate político, se recorra a este tipo de analogia indevida e justamente para atingir um integrante de nossa comunidade.”

Presidente da FIERJ, Herry Rosenberg, também repudiou o ocorrido

A Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro repudia com veemência as ofensas que vem recebendo nos últimos dias o deputado federal Sergio Zveiter. Especialmente infame é a acusação de apologia ao nazi-fascismo, proferida por um colega de partido. A constante comparação de opositores políticos com nazistas e fascistas deve ser repudiada por toda a sociedade.

Muito mais quando o alvo é membro da comunidade que mais sofreu os horrores da perseguição e do extermínio sob estas ideologias nefastas. O deputado Sergio Zveiter é um brasileiro da mais alta estatura moral e ética e um destacado membro de nossa comunidade. A ele, transmitimos nossa total solidariedade neste momento em que se vê covarde e injustamente atacado.

A Federação Israelita do RS também seguiu o mesmo caminho

A Federação Israelita do Rio Grande do Sul repudia a atitude do deputado gaúcho Darcísio Perondi após comparar a atuação do deputado Sergio Zveiter – único membro da comunidade judaica em exercício na Câmara dos Deputados – a práticas do nazismo e fascismo. Em nota a entidade considera as declarações “inoportunas, inadequadas e ofensivas à memória dos 6 milhões de vítimas daquele período nefasto da nossa história”. Veja o posicionamento completo abaixo:

A propósito das declarações do deputado gaúcho Darcísio Perondi, comparando o parecer do deputado Sergio Zveiter às atitudes de nazistas e fascistas, a FIRS – Federação Israelita do Rio Grande do Sul -, representante da comunidade judaica do RS, vem a público manifestar que as considera inoportunas, inadequadas e ofensivas à memória dos 6 milhões de vítimas daquele período nefasto da nossa história.

Não é a primeira vez que personagens políticas, no desejo de defender seus líderes, associam ações dos três poderes no Brasil de hoje com o tratamento dado aos judeus na Alemanha nazista. Isto nos ofende e ofende a memória daqueles que lá morreram, bem como dos sobreviventes e de seus parentes. A Comunidade Judaica do RS, alinhada às comunidades de todo o país, conclama o deputado Perondi a rever, em manifestação pública, seu posicionamento sobre a questão, eis que entendemos ser esta uma atitude oportuna e adequada para os necessários esclarecimentos.