COMPARTILHAR
Além de Lottenberg, participaram da delegação brasileira Alon Feuerwerker, André Lajst, Ariel Krok, Andrea Mifano, Mário Fleck, Sebastian Watenberg e Nina Pencak.

O presidente da Conib, Fernando Lottenberg, participou neste domingo (2), em Washington DC, da abertura do Forum Global do AJC – American Jewish Committee – em que estão sendo discutidas questões como o avanço do antissemitismo em países europeus, na França especialmente, e a situação dos judeus da diáspora e sua relação com Israel. “Devemos estar juntos nesta empreitada”, disse o CEO da AJC, David Harris, a uma plateia de quase 2.500 pessoas reunida em Washington DC, no primeiro de três dias de debates no AJC Global Forum 2019, o evento anual da organização. Na sessão destinada a avaliar a situação das comunidades na América Latina, Lottenberg fez um relato sobre o Brasil.

A Conib participou do jantar de abertura do encontro das delegações latino-americanas no primeiro dia do AJC Global Forum, em Washington DC (EUA). Lottenberg, enfatizou para os presentes os avanços nas relações entre Brasil e Israel desde a posse do novo governo. Ao lado desse aspecto positivo, Lottenberg lembrou que as lideranças e entidades judaicas no Brasil cuidam de evitar que a participação dos judeus na sociedade brasileira e as relações entre os dois países seja fator de divisão ou questão partidária, mas elemento de união. Para isso, Lottenberg insistiu na necessidade de diálogo com todos os partidos, correntes e grupos políticos. O presidente da Conib dividiu a mesa com representantes do México, El Salvador e Panamá.

Print Friendly, PDF & Email