COMPARTILHAR

É impossível compreender verdadeiramente a situação em Gaza sem entender os objetivos do Hamas e os meios que ele está disposto a implementar para os atingir.

O Hamas existe para destruir Israel, não para ajudar o povo de Gaza. E esta organização terrorista islâmica não se importa quantas vidas palestinas devem ser sacrificadas para alcançar este objetivo. No verão de 2014, o Hamas lançou um ataque no qual cerca de 4.400 foguetes foram disparados contra civis israelenses. Mas os esforços do Hamas não estão limitados à utilização de força. Em vez disso, eles esperam enfraquecer Israel através da aplicação da pressão internacional.

Um componente importante da estratégia do Hamas é a amplificação da narrativa de “vítima palestina”. Para ajudar a alcançar este objetivo, o Hamas coloca deliberadamente civis em perigo. Entre outros métodos, o Hamas usa as famílias palestinas como escudos humanos, lança foguetes a partir de áreas civis e ataca as forças israelenses a partir de hospitais e escolas. Além disso, o Hamas mente descaradamente sobre os números de vítimas, relatando os terroristas como vítimas civis.

A melhor maneira de ajudar as pessoas na Faixa de Gaza é condenar ativamente a exploração de civis. Somente quando essa organização terrorista perceber que o mundo está pronto para colocar a culpa por qualquer sofrimento em Gaza, onde ele realmente pertence – no Hamas – os palestinos de Gaza poderão viver em paz.

video by MFA