COMPARTILHAR

Novas negociacoes entre palestinos e israelenses; Bazar turco; A guerra religiosa que sai da Siria; De futebolista a jihadista; A Uniao Europeia nao aceita a Turquia; Palestino vence o Arab Idol; Farmaceutica israelenese exporta remedios ao Brasil; Exportacao e importacao de Israel; Exportacao mundial de material Belico.

NOVA TENTATIVA DE NEGOCIAÇAO ENTRE ISRAEL E PALESTINOS

A bonita musica brasileira “tristeza nao tem fim”, que eh triste, parece um pano de fundo para a ingenuidade americana, que nao tem fim e eh triste tambem. O Secretario de Estado, John Kerry esta nestes dias em Israel e na Jordania na sua quinta viagem em tres meses, todo empenhado com boa vontade (que eh louvavel) e que o endeçaria ao Nobel da Paz, bem mais merecido que Obama que o recebeu em 2008, antecipadamente e sem fazer nada. O governo americano esta pressioanando e muito o presidente palestino, Mahmud Abbas e lhe esclareceu que veem nele o obstaculo para a paz. Kerry adicionou que se as negociaçoes forem infrutiferas ele, Abbas, carregara boa parte da responsabilidade. Com tais pressoes, Abbas passou a interlocutores que estara disposto encontrar o premier israelense Netanyahu, sem pre condiçoes. Ele so quer que o governo americano reiteire o seu apoio a negociaçoes baseadas nas fronteiras de 1967 com troca de areas e a libertaçao de 120 terroristas com pena de prisao perpetua por assassinarem israelenses e que ja estao na prisao ha mais de 20 anos.

Com a formaçao do seu novo governo e Likud enfrauqecido, Netanyahu parece que esta tendo uma transformaçao a realidade. O Likud com jovens deputados que a revelia do Primeiro Ministro, declaram estar a favor de um Estado so para israelenses e palestinos, o que levaria ao fim de Israel como um Estado judeu e democratico, posiçao nao desejada pela maioria da populaçao israelense. Esta oposiçao ao Netanyahu, dentro do seu proprio partido esta clara e em eleiçoes nesta semana pelas posiçoes chaves no Likud,deputados oposicionistas ao Netanyahu foram eleitos para postos chaves do partido e ate parece a copia da situaçao que teve o premier Ariel Sharon que no final deixou o Likud e fundou o Kadima. Netanyahu declarou recentemente, algumas vezes, que quer negociar com os palestinos pela constituiçao de “dois Estados para os dois povos”. Em entrevista ao Washington Post na semana passada, disse que ” se o Secretario Kerry montar uma tenda no meio do caminho entre Jerusalem e Ramallah- a 15 minutos daqui- eu estarei na tenda”. Ate mesmo no desconforto da falta de ar condicionado no calor do verao israelense. Completou que “estou comprometido a negociar o tempo necessario para achar a soluçao de termos paz e segurança, entre nos e os palestinos….nao queremos Estado bi-nacional, quero um Estado para o povo judeu ao lado de um Estado para os palestinos”.

Kerry se encontrou hoje(28/6/13) com Abbas em Aman, capital da Jordania, onde o otimista Secretario de Estado Americano estabeleceu uma sede para o encontro triplo, entre altos oficiais americanos, israelenses e palestinos, ainda nao com os magnatas que decidem. Pelo visto os americanos querem dar prestigio ao rei jordaniano Abadallah,o que explica esta desnecessaria deslocaçao, quando as duas sedes de governo israelense e palestino estao a 15 minutos de carro um do outro. Abbas que esta mexendo os pauzinhos contra Israel no cenario internacional, contrariando os acordos assinados e que esta tentando ser reconhecido por orgaos internacionais como um Estado independente e preparando se para ser aceito no Tribunal Internacional de Haga, aceitou adiar o seu ultimato para o esforço de Kerry, de Junho para Setembro. A raposa politica, Abbas, quer mostrar disposiçao de negociar e tentar “desmascarar” e mostrar o Netanyahu como o obstaculo para obter a paz. A ameaça palestina de ingressar no Tribunal de Haga tem a intençao de poder processar soldados e oficiais do exercito israelense. Alem da ma’ vontade isto gera a pergunta: desde quando aqueles que usam o terror sao os que podem processor a vitima que se defende, fato inedito no mundo. Alem do pouco otimismo quanto a uma soluçao positiva, so resta aos povos da regiao rezar para que algo de bom aconteça, isto daria um impulso a regiao e principalmente aos israelenses e palestinos que querem viver uns ao lado do outro em paz e prosperidade.

BAZAR TURCO

Ja escrevi da ingenuidade americana e Ocidental e tambem de que o atual Primeiro Ministro turco, Erdogan eh um islamista de terno, isto eh um lobo na pele de cordeiro. Apos 3 meses de negociaçoes temos prova disto novamente. Lembrete. Quando em visita a Israel, em Março, o Presidente Obama pressionou Netanyahu que no ultimo segundo da visita, ja no Aeroporto de Ben Gurion, ligou na presença de Obama ao premier turco e se desculpou pelas mortes causadas durante a tomada do navio turco Mavi Marmara, que numa provocaçao organizada pelos extremistas do IHH, com apoio do governo turco, se destinava a Gaza. Parecia que o ato das desculpas normalizaria as otimas relaçoes entre a Turquia e Israel, anteriores as atitudes de Erdogan, mas nao. Lobo eh lobo e nao carneiro e as vezes eh dificil desmascara-lo. Passados 3 meses, nenhum compromisso assumido pelos turcos foi concretizado e nem parece que estao dispostos a assumir. A Turquia nao enviou novo embaixador a Israel e nem mesmo a declaraçao de que nao julgariam militares israelenses por seus atos eh respeitada. Por outro lado parece que os turcos estao ansiosos para que Israel use seus gazedutos para exporta o gaz israelense ao mundo. Quem sabe esses interesses se sobreponham ao islamismo do Erdogan. Como se diz, cada um tem o seu preço.

ASSAD: “OS JIHADISTAS SAO PIORES QUE OS NAZISTAS”

A guerra na Siria esta explodindo e expandindo de uma guerra interna para uma querra religiosa entre xiitas e sunitas, pondo um fim ao pan arabismo. Agora esta guerra esta gerando levante no Libano, onde o Hizballah esta dominando o pais militarmente e que abertamente declarou que esta lutando com as forças de Assad. Libano que quando liderado pelos arabes cristaos era considerado a Suiça do Oriente, com o passar do tempo e a transformaçao demografica: maiorindice de nascimento de arabes muçulmanos do que de arabes cristaos e a fuga de cristaos receando seus vizinhos muçulmanos, eh um pais que ja era, agora eh subjugado a Siria. Ela a dominou e com o crescimneto da Hizballah, todos os oposicionistas os temiam, se calaram ou fugiram do pais.

Agora que o governo sirio ajudado pela Hizballah,xiitas, na guerra contra os oposicionistas, sunitas, os sunitas libaneses solidarios com seus irmaos sirios, de repente levantaram a cabeça subjugada e se levantaram contra a Hizballah expandindo a guerra para dentro do pais dos cedros. Nesta semana houve confronto entre sunitas liderados por um xeique que lutou na Siria cercados numa mesquita pelo exercito libanes que resultou em 20 mortos e dezena de feridos. A revelaçao do Nassrallah(amante de Allah) que ja tem o nome modificado pelos oposicionistas para Nassersatanas de que suas forças lutam na Siria ja o enfraqueceu da condiçao de “defensor do Libano e principal combatente de Israel”, somando a isso os centenas de terroristas do Hizballah mortos e muitos outros feridos na Siria estao levando Nassrallah a lona. Porem nesta situaçao de enfraquecido e encurralado ele pode tentar fazer atos estupidos. Dai vem a advertencia do Chefe do Estado Maior do IDF, General Beni Gantz de que ” a Siria esta sangrando e no Libano o fogo esta pegando no manto do Nassrallah”.Esta se deve a prevenir Nassrallah de atacar Israel como uma fuga dos seus problemas e tentar unir os arabes contra Israel.

Tambem no dia 23 de junho foram lançados 6 misseis da Faixa de Gaza em direçao a Israel. Desta vez, por incrivel que pareça foi por briga interna de palestinos do Jihad Islamico, que sao xiitas e recebe ordens do Iran com forças do Hamas , que eh sunita e se opoe ao regime do Assad na Siria. Policiais do Hamas foramdeter o comandante do Jihad responsavel pelos misseis da organizaçao, que sacou uma arma e foi alvejado pelos policiais.O Jihad Islamico entao quis tomar revanche contra o governo do Hamas e mostrar a sua revelia e quem pagou pelo pato, foi Israel que nada tem com esta briga. O Hamas fez de tudo para apaziguar Israel e evitar escalaçao na luta.

A divisao no mundo arabe esta transparecendo tambem nas palavras do Assad,nao o presidente sirio, mas do seu primo Ribal Assad que pediu aos EUA e ao Ocidente de nao armar os rebeldes sirios que sao comandados por “jihadistas que sao piores do que os nazistas”. Parece que ele eh a favor do primo, mas na realidade ele eh um ferrenho opositor a Basher Assad. Ele adverte que ” os islamistas nao se contentarao com a Siria, eles se expandirarao e havera guerra regional que incluara a Turquia e Israel”.Ele quer prevenir uma guerra etnica e acha que os EUA tem que cooperar com a Russia e China para organizarem uma convençao internacional e constituir um governo unificado nacional que prepare eleiçoes democraticas. Ribal de 37 anos foi educado em Londres e Nova York afirma que ha mais de 100 mil jihadistas estrangeiros na Siria e acusa a Arabia Saudita e Qatar, paises extremistas religiosamente de armar os grupos de jihadistas extremistas para prevenir a democratizaçao da Siria, que sempre foi secular.

DE FUTEBOL AOS JIHADISTAS NA SIRIA

Ha um mes o diario Maariv trouxe uma reportagem de Brian, filho da brasileira Rosane Rodrigues que de uma familia pobre no Brasil foi ha 23 anos buscar a felicidade na Belgica. La numa boate achou o seu marido e tiveram o Brian,” menino sorridente e de amor a vida”. Ela o colocou numa escola catolica particular e as tardes ele mostrava sua genetica brasileira e jogava numa equipe de futebol. Quando tinha 16 anos, a crise economica levou ao fechamento de sua equipe de futebol. Seus vizinhos marroquinos convidaram no para jogar futebol de salao com eles e ele foi. Conta sua mae que com o passar do tempo ele cortou as mecha e depois todo o cabelo e em 3 anos passou por uma completa transformaçao de um menino risonho e travesso se tornou um muçulmano extremista, em vez de ir a escola ia a madrassa(escola religiosa muçulmana). ” Ele dizia que tem vergonha de mim e de sua irma, nao comia mais minha comida so comida que a organizaçao da sharia lhe dava”, completa a aflita mae. Numa tentativa de tira lo do Islao, eles mudaram para uma cas a 100 km de distancia, mas seus amigos, que agora o chamavam de Abu Qassem Barzilai, lhe mandavam emails.

Um dia com apenas 19 anos ele desapareceu e segundo Rosane a policia nada fez para localiza lo. Meses depois sua irma o viu num filme na internete, com fardas e arma na mao. Sua tia belga conseguiu descobrir que da Belgica ele viajou para a Alemanha, com fundos de um xeique islamista voou para a Turquia e de la atravessou a fronteira para a Siria e lutou em Alepo. Sua irma conseguiu acha lo no Facebook e ele respondeu lhe para nao lhe contatar mais,”voces nao mais sao minha familia, os irmaos muçulmanos sao minha familia e Alla eh meu pai”. Este eh um caso de muitos jovens europeus que cairam na malha do islamismo extremista e o pior eh que quando retornam dos campos de batalha, ja tem experiencia de luta e poderao voltar suas armas contra as civilizaçoes onde vivem. Como diz Rosane:” eles lhe prometeram o jardim de Eden, mas o levarao ao inferno,lhe fizeram lavagem cerebral e eu perdi meu filho”. O Centro Internacional de Pesquisa do Terror de Londres avalia que mais de 5000 estrangeiros estao lutando contra o governo do Assad na Siria, dos quais 600 europeus. Jovens que voltaram a Europa dos combates no Afganistao tornaram se os difundores do islamismo radical. A Europa esta pensando em meios para erradicar este fenomeno, que esta crescendo protegido pela liberdade de expressao ocidental e que eh proibida nos paises islamicos, mas parece que o trem ja ha muito saiu da estaçao.

TURQUIA EH NEGADA PARA INTEGRAR A UNIAO EUROPEIA

A Turquia esta dividida entre a Europa e a Asia e desde 2005 tenta ingressar na Uniao Europeia. Esta nao esta ansiosa em absorver um pais muçulmano no seu seio e esta atitude gera conflito nas relaçoes entre a Alemanha, principal oponente e onde vivem mais de 3 milhoes de turcos e a Turquia. Cada vez ha um adiamento nas negociaçoes e desta vez o alibi para adiar em 4 meses o dialogo foi a forma violenta que o governo turco usou para conter os protestos no pais. Cerca de 8000 pessoas foram feridas e 6 pessoas mortas durante as operaçoes governamentais de deter os protestos.

JOVEM PALESTINO VENCE O ARAB IDOL

Muhamad Assaf, palestino de 22 anos morador de Khan Younes na Faixa de Gaza tornou se um heroi dos palestinos. Ele conseguiu unir os palestinos da Faixa de Gaza e os da Cisjordania com sua voz e carisma ao vencer o concurso de Arab Idol realizada no Libano e transmitida pela TV MBC, de propriedade saudita. Assaf de muita convicçao contou que o Hamas se opos a sua participaçao no programa musical e que teve que subornar guardas para atravessar a fronteira palestina para o Egito e demorou 2 dias para chegar a Beirute, no ultimo segundo da inscriçao. Com sua vitoria, ja foi nomeado por Abbas de embaixador palestino de boa vontade.

FARMACEUTICA ISRAELENSE EXPORTA AO BRASIL

A companhia farmaceutica israelense Protalix, cujas açoes sao negociadas na Bolsa americana, assinou contrato de US$ 280 milhoes, com a ANVISA brasileira segundo o qual fornecera o remedio Uplyso que eh uma enzima que trata da doença Gaucher. A extensao do contrato eh de 7 anos.

EXPORTAÇOES E IMPORTAÇOES ISRAELNSES

Um grande impulso na economia israelense tera quando iniciar a exportaçao de gaz natural e com isso tambem importara e impulsionara a economia. Em 2012 as exportaçoes de Israel para a America do Sul foram de 3.079 bilhoes de dolares, dos quais 1.134 bilhoes (37%) foram para o Brasil. Israel importou da regiao produtos no valor de 912 milhoes de dolares, dos quais 190 milhoes (21%) do Brasil. Para a Europa Israel exporta no valor de US$ 17.572 bilhoes e importa no valor de 27.902 bilhoes, aos EUA exporta por 10.717 bilhoes e importa no valor de 8.653 bilhoes. A Asia exporta no valor de 9.514 bilhoes, dos quais para a China no valor de 2.451 bilhoes e importa 13.203 bilhoes, dos quais da China importa no valor de 5.307 bilhoes de dolares.

EXPORTAÇAO DE MATERIAL BELICO

Segundo a prestigiosa revista militar IHD Jane`s o mundo esta se abastecendo militarmente o tempo todo e em menos de uma decada os gastos na segurança dos paises asiaticos serao maiores do que a dos EUA e Canada. Nos ultimos anos os gastos militares na Europa esta baixando enquanto os de paises no Oriente estao aumentando. Os maiores compradores em 2012 de material belico foram a India com mais de 5 bilhoes de dolares, Arabia Saudita(3.7 bilhoes), Uniao de Emirados Arabes (3.7 bilhoes), Turquia (3.3 bilhoes), Egito, Coreia do Sul, Australia e Iraque, mais de 2 bilhoes cada um. Estranho porque paises deserticos que nao tem inimigos eminentes como a A. Saudita e UEA ou a Turquia gastam tanto, sem mencionar a falida economicamente Egito. Os paises que mais exportam material belico sao: EUA(28 bilhoes), Russia (10 bilhoes), França(4.5 bilhoes), Inglaterra(4 bilhoes), Alemanha (3 bilhoes) e Israel com 2.4 bilhoes, aumento de 74% comparado ao ano 2008. Segundo Jane’s Israel domina a area dos avioes nao tripulados(Drones) e se torna o maior exportador . Em 2014 vendera o dobro de varios tipos de Drones do que vendera os Estados Unidos.

Print Friendly, PDF & Email