COMPARTILHAR

É de conhecimento público que no dia 04/04/2019, o jornalista Ricardo Noblat, da Revista Veja, postou no Twitter charge com o título de “Golden Shower on the Wall”, na qual aparece o Presidente Jair Bolsonaro utilizando uma kipá, vestuário religioso judaico, urinando no Muro das Lamentações.

A charge repercutiu de forma extremamente negativa em toda a comunidade judaica e para todos defensores da liberdade religiosa e da convivência pacífica e harmoniosa entre os povos de diversas origens e credos. O post recebeu incontáveis críticas e repúdios, inclusive gerando manifestação do próprio Presidente da República. Posto isso, a publicação foi posteriormente tirada do ar.

Assim sendo, hoje, 11/04/2019, os advogados Adriano Blatt e Daniel Soriano Blatt, em seus próprios nomes, apresentaram Representação ao Ministério Público em face do jornalista Ricardo Noblat e do chargista Sandro Schmidt para apuração de eventual crime, sob o protocolo n. 0030328/19.

Print Friendly, PDF & Email