COMPARTILHAR

Na esteira das recentes decisões e declarações de Donald Trump relativas à Autoridade Palestina, o l’Informale entrevistou Daniel Pipes, colaborador assíduo em nossas páginas, está entre os principais especialistas internacionais sobre o Oriente Médio.

L’Informale: um ano após Donald Trump assumir a presidência, como o senhor avalia os EUA? A política americana em relação ao Oriente Médio?

Daniel Pipes: ele me preocupa muito, mas no momento eu concordo em grande medida com a sua política em relação ao Oriente Médio.

P: ele disse que a questão de Jerusalém é “assunto encerrado”, que cortará a ajuda financeira à Autoridade Palestina se ela não voltar a negociar a paz com Israel. Como entender essas declarações?

R: ele está fazendo a coisa certa por razões equivocadas. Ele tomou estas medidas para forçar o reinício do processo diplomático que já dura 30 anos, que é desastroso e está fadado ao fracasso. Israel pode acabar pagando o pato.

Leia AQUI a entrevista completa…

Print Friendly, PDF & Email