COMPARTILHAR

A visita fez parte do projeto Embaixadas de Portas Abertas, que estimula a interação de estudantes com cultura de outros países.

O Centro de Ensino Fundamental (CEF) 11, do Gama, apresentou ao embaixador de Israel, Yossi Shelley, na manhã desta segunda-feira (30/10/17), aspectos da cultura, da música e da rotina escolar do Brasil. A visita fez parte do projeto Embaixadas de Portas Abertas.

Na cerimônia de recepção, a banda da escola tocou o Hino Nacional e, em seguida, executou o hino oficial israelense, o HaTikvah, cantado em hebraico. Todos os alunos da unidade recebem aulas de música como parte da educação integral.

Para o embaixador Shelley, a apresentação do HaTikvah (esperança, em português) foi emocionante. “Temos uma parceria com a escola para investir em práticas e aulas de música. Ouvir vocês cantando chega a dar arrepios”, comentou.

Na solenidade, os alunos também executaram o Trenzinho do Caipira, do compositor clássico brasileiro Heitor Villa-Lobos. “Ele foi o primeiro grande músico que se envolveu com educação no País”, explicou a professora de música Débora Bastos, funcionária da Secretaria de Educação.

Além dela, participou da recepção ao diplomata a chefe da Assessoria Internacional do governo de Brasília, Renata Zuquim. “Com o projeto, trazemos o mundo a Brasília e levamos Brasília ao mundo. Pude ver como vocês estudaram a cultura de Israel para receber o embaixador no colégio”, observou ela.

Na solenidade, Renata deu um certificado ao embaixador como representante do programa Embaixadas de Portas Abertas e também uma placa de reconhecimento à vice-diretora do CEF 11, Leila Rodrigues, pela participação no projeto.

Shelley recebeu ainda um chaveiro feito pelos estudantes com laços e borracha, como símbolo da ligação entre Brasil e Israel. O presente foi entregue pela aluna Lara Cristinie, de 11 anos.

O embaixador visitou o laboratório de informática do colégio e demonstrou interesse em investir na manutenção dos computadores. Ele convidou a escola a organizar a viagem de uma delegação de alunos e professores a Israel.

A visita foi a segunda parte do intercâmbio entre o CEF 11 e a Embaixada de Israel. Antes, em 17 de agosto, os alunos da escola foram recebidos na sede da representação israelense em Brasília.

via Agência Brasilia