COMPARTILHAR

O cônsul de Israel em São Paulo, Yoel Barnea, o professor Dr. Samuel Feldberg e o presidente da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Mario Fleck, participaram de um bate- papo sobre o movimento BDS e suas consequências, no dia 08 de setembro, na A Hebraica. O evento marcou o lançamento do livro em português “A Nova Guerra Contra Israel”, de Jed Babbin e Herbert London, pela Editora Simonsen.

Jed Babbin foi subsecretário de Defesa americano sob o governo de George Bush pai e no livro “A Nova Guerra Contra Israel”, expõe os métodos, motivações, ideologia e meios de financiamento da campanha internacional BDS, de boicote a Israel.

Barnea, Feldberg e Fleck discutiram sobre como desde sua fundação, Israel esteve sob ataque de bombas, tanques, foguetes e terrorismo contra sua população civil e não esmoreceu, mas necessitando de novas táticas, seus inimigos criaram em 2005 uma campanha global, BDS, que propõe boicotes, desinvestimentos e sanções ao Estado judeu.

Eles explicaram que embora os objetivos declarados do movimento sejam o de criar boicote global às empresas (supostamente apenas aquelas que fazem negócios na Cisjordânia) e universidades de Israel; convencer nações, bancos e empresas a deixar de investir em Israel; e obter sanções internacionais contra o país, o BDS é uma grande campanha antissemita e que para embasá-la os palestinos e seus aliados apresentam um grande número de falsas acusações contra Israel.

“A Nova Guerra Contra Israel é uma obra de investigação contra este movimento que nos oferece um desafio em termos de como enfrenta-lo”, destacou Feldberg. “ O nosso objetivo como Federação Israelita é o de dar amplo espaço para a discussão sobre esse movimento e o que ele representa em relação a Israel, apontados pelo livro com muita profundidade e pesquisa”, complementou Mario Fleck.

Mario Fleck, Yoel Barnea e Samuel Feldberg
Mario Fleck, Yoel Barnea e Samuel Feldberg
Público lotou a sala plenária da Hebraica
Público lotou a sala plenária da Hebraica