COMPARTILHAR

Pelos primeiros ventos, temos que reconhecer os méritos de Jair Bolsonaro. A ênfase do nosso novo presidente nas relações com Israel são dignas de louvação. Sua coragem de determinar a mudança da capital de Israel para Jerusalém denota sua coragem de enfrentar a esquerda e a imprensa tendenciosa e assumir sua relação de amizade com Israel e o povo judeu.

Também, neste novo tempo, a mudança do tom de nossa diplomacia reflete uma independência dos organismos contaminados pelo anti-semitismo e a decisão de votar conscientemente, principalmente no que tange aos ataques constantes da ONU e da UNESCO, reféns de países com segunda agenda.

Nestes aspectos, podemos dizer que Jair Bolsonaro começa muito bem sua presidência. Devo, por convicção, elogiar publicamente sua postura e seu discurso neste sentido.

Print Friendly, PDF & Email