COMPARTILHAR

Kleztival, Festival Internacional de Música Judaica realizado no Brasil, completa 10 anos e lança CD triplo com 50 gravações de artistas de diversas partes do mundo

O Kleztival, Festival Internacional da Música Judaica, realizado em São Paulo, tem o que comemorar. Nessa década de existência, colocou o Brasil na rota dos grandes festivais, e hoje, é considerado o maior evento da música judaica na América do Sul, ao lado de festivais de Israel, Canadá, Polônia, Inglaterra e Estados Unidos.

A cada ano, o Kleztival tem trazido o que há de mais característico em termos de música judaica no mundo, proporcionando, ao longo de uma semana, shows, workshops, exposições, exibições de filmes, lançamentos de livros e outras atividades, em S. Paulo. A palavra klezmer, de onde o festival tirou o nome, é a denominação de um dos gêneros da canção judaica, que existe há muitos anos e tem origem na Europa Oriental. A música klezmer pode ser rápida ou lenta, mas seu objetivo é fazer as pessoas dançarem. Assim, os shows do Kleztival procuram ser uma celebração. Inclusive, com participação de coreógrafos, que ajudam a plateia a organizar grupos de danças circulares.

Nesta 10ª. edição do Kleztival, teremos a presença da banda Klezmatics dos Estados Unidos de fama mundial e vencedora do prêmio Grammy pelo CD Wonder Wheel (2006). Junto com os Klezmatics formando uma banda especial, virão o cantor Joshua Nelson, a pianista e cantora Polina Shepherd e o clarinetista Zillien Biret, nascido em Madagascar e que reside em Montreal. Suas apresentações acontecerão no Museu Judaico e no SESC Consolação. De Israel vem o Duo HaCohen, com David (teclado, e música eletrônica) e Daniel no vocal. De Buenos Aires teremos o DJ, guitarrista e cantor Simja Dujov junto com o clarinetista Pablo Feiguin e de Cuba /EUA o guitarrista Benjamin Lapidus. Também como atração especial, pela primeira vez no Brasil, virá uma banda klezmer de Tóquio, Japão, chamada Jinta La Mvta mostrando o quanto a cultura musical judaica viaja pelos continentes. Suas apresentações ocorrerão na Hebraica e no SESC Consolação.

Exatamente para celebrar esta 10ª. edição está sendo lançando o CD Kleztival 10 Anos (selo IMJ-Brasil). O álbum triplo, com 50 artistas de diversas partes do mundo, mostra a música que é feita com raiz na cultura judaica, às vezes de forma tradicional, em outras, mixando-a a gêneros distintos como bossa ou o hip hop, por exemplo. A meta é promover o trabalho de artistas brasileiros e internacionais que atuam neste segmento. O disco é lançado pelo Instituto da Música Judaica – Brasil (IMJ-Brasil), (www.imjbrasil.com.br), que tem sede em São Paulo

O Kleztival ocupa vários espaços na cidade de São Paulo, incluindo nesta edição o SESC Consolação, a Fundação Ema Klabin, o Museu da Imagem e do Som, teatro da Hebraica, o Museu Judaico de São Paulo, o Museu do Holocausto, além da Faculdade Cantareira de Música e a Estação Sé do Metro.

Esta edição comemorativa do Kleztival celebra o trabalho de produção de 10 anos de Nicole Borger, cantora e compositora e idealizadora do Instituto da Música Judaica – Brasil (IMJ-Brasil) e do próprio festival. O Festival ocorrerá entre os dias 26/10 e 3/11/201

A grade completa de shows e locais de apresentação será encaminhada em breve. Informações adicionais em nossa página na Internet (www.imjbrasil.com.br), Instagram @kleztival, e página no Facebook.

Print Friendly, PDF & Email